em Uncategorized

A restauração Onlay é o procedimento ideal para pacientes que exigem estética em seus tratamentos. Entenda o procedimento, as indicações e as ventagens dessa técnica.

Antes de explicar sobre a Onlay, falarei um pouco sobre as restaurações em amálgama, muito utilizados desde o século VII. As restaurações em amálgama já não fazem parte do nosso dia a dia, na clínica, pois são anti estéticas e os materiais restauradores em resina possuem uma resistência próxima ao do amálgama que era formado por uma liga de mercúrio, cobre, prata, zinco e estanho e costumava  ser aplicado na parte posterior da arcada. Apesar do poder protetor do amálgama, ele não é tão aceito devido à sua estética. De cor escura, o material fica muito aparente e, por isso, não é usado para restauração dos dentes da frente.

Além disso, o amálgama sofre com mais um ponto que coloca em dúvida o seu uso, isso porque ele poderia contaminar o paciente e até o profissional, devido a presença do mercúrio. Esse metal é extremamente tóxico e evapora em temperatura ambiente, fato que poderia causar uma contaminação.

Como a Odontologia atual está focada na estética, muitos pacientes estão trocando as restauração de amálgama pela resina. Porém, a indicação para esse procedimento exige muito critério, pois deve ser avaliado o grau de comprometimento do dente ou seja, o tamanho da restauração e a profundidade do preparo.

Com a ajuda de exames radiográficos, podemos quantificar o tamanho e profundidade de restaurações antigas de amálgama, além de verificar a existência de possíveis infiltrações (cáries). Se estiverem profundas, o paciente deve ser alertado, que ao remover a restauração de amálgama há a possibilidade de tratamento de canal, pela proximidade do nervo do dente. E se for uma restauração extensa, as restaurações em resina, realizadas na clínica, não são indicadas, pois ficam frágeis e propensas à infiltrações. É aí que entra a Onlay em porcelana, uma forma mais durável e resistente para restaurar dentes.

A restauração dentária Onlay, também conhecida como restauração em bloco, é confeccionada manualmente sobre modelos ou digitalmente por softwares específicos, proporcionando blocos precisos que são encaixados e colados diretamente sobre o dente, com cores e anatomia semelhante à estrutura dentária em tratamento. É indicada desde a substituição de restaurações dentárias antigas, recuperação de dentes fraturados e até mesmo no tratamento preventivo de desgastes dentários causados pelo bruxismo.

A Onlay  pode ser confeccionada em dois diferentes tipos de materiais: resinas compostas ou porcelana. A seleção do material ideal depende de diversos fatores examinados pelo dentista durante o exame clínico e análise de imagens radiográficas. Os mais importantes são a extensão do bloco, riscos para fraturas dentárias, presença de Bruxismo e localização do dente.

  • Vantagens da Onlay:
  • ✓ menor risco para infiltrações por cáries dentárias;
  • ✓ maior durabilidade;
  • ✓ maior resistência a desgastes dentários.

O tratamento com restauração dentária Onlay é simples e está dividido em duas etapas espaçadas em 7 dias. A primeira onde o dente é preparado e moldado e a segunda etapa consiste na colagem da Onlay com cola de última geração, devolvendo estética e função.

Apesar da técnica de restauração com Onlay possuir custos mais elevados comparado à tecnica com resina, sua durabilidade, resistência e estética é decisiva para pacientes que buscam soluções mais duradouras.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário